Image Map

8 de fev de 2015

[Resenha] P.S: Eu te Amo

| |


Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Nº de Páginas: 368
Nota: 4/5 (muito bom!)

Olá pessoal! Voltei com mais resenhas! Lembra que eu disse que iria fazer uma maratona, pois é ainda não acabou. Dessa vez vim falar sobre um romance (que nem é tão romance assim) que eu li em 2 dias! Como já viram na imagem acima, voltei aqui para falar um pouquinho da história do livro P.S Eu te Amo, da incrível escritora Cecelia Ahern.






Bom, para começar, queria ressaltar que não curto muito o gênero romance, mas mesmo assim sempre que posso faço uma leitura de algum livro do gênero (inclusive recentemente Eu fiz  a resenha do livro Diário de uma paixão do Nicholas Sparks). Eu ganhei P.S eu te amo de uma promoção e enrolei muito pra começar a ler. Mas acabei tomando coragem e iniciei a leitura. Terminei o livro  no dia seguinte! Mas, que tal irmos á história?

“O plano deles era bem simples. Queriam ficar juntos até o fim da vida. Um plano que qualquer pessoa do seu círculo de amigos julgaria possível de realizar. Eles eram melhores amigos, amantes e almas gêmeas destinadas a estarem juntas, na opinião de todos. Mas, infelizmente, um dia, o destino mudou de ideia vorazmente.”Pág 7 – Capítulo 1. 

Holly Kennedy acaba de ficar viúva. Seu marido, Gerry, por quem foi apaixonada desde a infância, acaba de falecer devido á um tumor no cérebro, deixando a jovem desolada. O livro já se inicia com o luto de Holly. Depois da morte de seu grande amor, ela perde qualquer expectativa para seu futuro e acaba por deixar de ver a vida como algo interessante, o que preocupa toda sua família e amigos, que sempre foram acostumados a ver uma Holly festeira, que nunca para em um emprego e sempre se diverte com as amigas. Entretanto, toda essa triste rotina de luto da viúva dá uma grande reviravolta quando recebe uma ligação de sua mãe, dizendo á ela que havia um envelope endereço a Holly na casa de seus pais.


Sem muita ansiedade, Holly vai a até a casa da mãe para pegar o envelope, mas acaba ficando surpresa com o conteúdo dele. Dentro havia várias cartas escritas por seu falecido marido, Gerry. Cada uma das cartas era para um mês diferente e ela só poderia abrir a respectiva carta quando este mês chegasse. Começa aí uma longa jornada para a mulher.

Holly conta aos amigos á novidade deixada por seu marido e espera ansiosamente para poder abrir cada carta. A cada mês que passa, Gerry deixa uma mensagem cada vez mais tocante, incentivando a esposa a seguir com sua vida e ser feliz. E Holly, ainda sofrendo pelo luto, segue todas as recomendações do marido e acaba por se tornar dependente daquelas cartas, sem saber ao certo o que seria dela depois que acabasse de ler todas elas.

Este livro não me emocionou, mas com certeza me fez ter pena de Holly. Ela via todas as suas amigas e familiares seguindo suas vidas enquanto ela não conseguia olhar para um futuro sem Gerry. Mesmo sendo tão apoiadas por suas amigas (e companheiras de compras para todas as horas) Sharon e Denise. Admito que esse trio que me fez dar muitas risadas. Acredito que não foram apenas as cartas de Gerry que fizeram Holly voltar a se erguer, mas a companhia de suas melhores amigas (e as situações hilariantes em que elas se colocam) acabou por transformar Holly em uma mulher mais forte.

Quanto mais meses se passam, mais Holly se pergunta o que vai ser dela depois de tudo isso. O dilema em que ela se encontra acaba por deixar o próprio leitor tentando adivinhar se ela conseguirá superar a morte de Gerry no fim das contas. O final do livro foi algo que eu não esperava, mas que me deixou feliz. Com certeza, a Cecelia soube colocar um bom final na hora certa. Não apressou as coisas para Holly, mas também não deixou nenhum ponto de interrogação para nós leitores.

A narrativa rápida e fluída da Cecelia me agradou bastante. É raro um escritor me fazer ler tão rapidamente quanto ela me fez. Esse livro foi a minha primeira leitura do ano e acho que comecei com o pé direito! Espero ler outros livros dela quando tiver oportunidade.
Recomendo a leitura!

Beijos.

Um comentário:

  1. Oi Bia! Que bom que você voltou! Esse livro já entrou para a wishlist <3 Beijos

    http://heyeuamolivros.blogspot.vom

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem-vindos! :)