Image Map

19 de jan de 2015

[Resenha] O Guia de Sobrevivência a Zumbis

| |


Autor: Max Brooks
Ilustrador: Ibraim Roberson
Editora: Rocco
Páginas: 144
Nota: 4/5


Olá pessoas! Estou de volta mais uma vez me desculpando pela demora, mas como puderam ver o blog tá de cara nova! Eba o/ Bom esse layout foi eu que fiz e deu muito trabalho, então esse foi o motivo das minhas ausências! Espero que tenham gostado! Ficou simples, mas depois vou dar umas melhoradas! haha

 Hoje vim trazendo a resenha de um livro que eu tenho há anos, mas nunca pensei em fazer uma resenha dele. Acho que foi pelo fato dele ser na verdade uma graphic novel. Mas, o que seria de uma boa história de zumbis sem imagens  para nos deixar ainda mais assombrados?





Ganhei esse livro já faz uns 2 anos e amei! Na época, eu comprei esse livro sem saber que era uma graphic novel. Eu apenas li a sinopse e me apaixonei. Quando o livro chegou é que eu tive a surpresa que era um livro com várias ilustrações. Na hora eu desanimei um pouco. Mas isso foi antes de eu ler!
O Guia de Sobrevivência a Zumbis é uma compilação de relatos de encontros de zumbis com o homem desde as épocas mais remotas da humanidade. Por exemplo, o primeiro conto se passa na África há milhares de anos atrás, quando o homem ainda estava nos seus primórdios. O livro foi escrito por Max Brooks. Para aqueles que ainda não conhecem, Max foi autor do grande sucesso Guerra Mundial Z, que inclusive foi adaptado para as telonas! 

Então, para aquelas pessoas que não gostam de livros ilustrados, não desanimem porque a edição original também está à venda!   Mas, pra ser sincera, o que mais contribuiu para minha paixão por esse livro foram as ilustrações. Quem desenhou foi o incrível Ibraim Roberson, um ilustrador brasileiro com um talento surpreendente! Eu adorei todas as ilustrações e elas conseguiram fazer com que eu me sentisse dentro do livro, vivendo dentro de cada uma dessas épocas retratadas.


Confira algumas ilustrações:




Os contos são muitos variados. São organizados desde a época mais remota até a mais recente. A narrativa é muito fluída e como já disse anteriormente, as ilustrações contribuem para um melhor aproveitamento das histórias. Algumas se passam em grandes impérios como Roma e o Egito! Outras, mais modernas, se passam nos Estados Unidos, Japão e até na antiga União Soviética. É uma verdadeira viagem no tempo. O livro tem o intuito de mostrar que os zumbis estão presentes na história da raça humana desde os primórdios e que as provas estão todas a nossa vista, basta podermos enxerga-las.



Outro ponto que eu preciso ressaltar é o cuidado que a editora Rocco teve com esta edição do livro. Ficou muito bem organizado e as cores da capa estão em perfeito contraste com as ilustrações (que são todas em preto e branco). Adoro livros assim, com uma boa diagramação. A leitura foi bem rápida e é a primeira vez que eu gosto tanto de um livro em formato de contos. Os relatos de Max Brooks levam o leitor a se questionar sobre a possível existência dos zumbis e acredito que é por isso que este escritor se consagrou escrevendo sobre os nossos queridos mortos-vivos! Um pena que o livro seja curtinho. Gostaria de uma continuação com relatos ainda mais recentes. Quem sabe um dia, o autor escute meu apelo? haha

Não custa nada sonhar, não é mesmo?

Com certeza, esta é uma leitura mais do que recomendada!

Aproveitem!

Beijos 

0 Comments:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem-vindos! :)