Image Map

19 de dez de 2014

[Resenha] O Lorde Supremo

| |




   Autora: Trudi Canavan
   Editora: Novo Conceito
   Páginas: 624
   Nota: 5 (Favorito!)



Olá pessoas! Estou de volta com mais uma resenha pra vocês! Pois é, como eu fiquei tempo demais sem postar resenhas, decidi compensar e começar uma pequena maratona de resenhas, mas já aviso que a próxima postagem será especial! Esta é a resenha do último livro da série Trilogia no Mago Negro, portanto, se voce ainda não viu a resenha dos dois primeiros livros da série clique sobre o link. (Livro 1 - O Clã dos Magos - Livro 2 - A Aprendiz).



O ultimo livro d’A Trilogia do Mago Negro é com certeza o meu favorito! Finalmente temos a ação e batalhas de magos! Depois do ritmo lento do primeiro livro e do início dos mistérios do segundo, Trudi Canavan finalmente lança o terceiro e último de uma das minhas séries favoritas! O Lorde Supremo conseguiu me prender do início ao fim (e olha que tem mais de 600 páginas)! Essa foi com certeza uma das minhas leituras favoritas!

A história continua girando em torno de Sonea, que agora já conhece o tão misterioso segredo de Akkarin e decide ajuda-lo em sua jornada. Entretanto, para realizar seu desejo de ajudar tanto o lorde supremo quanto o clã, Sonea precisará aprender a tão temida magia negra, mesmo que para isso, ela seja condenada a morte. Essa foi uma das tramas presentes nesse livro que eu mais gostei! Achei a Sonea muito mais madura e até parei de ver ela como uma adolescente, afinal, é notável como ela não apenas fica forte fisicamente mais psicologicamente também.

A Trudi soube explorar bastante os personagens com esse último livro da série e isso foi algo que eu gostei muito de acompanhar! Acredito que o Akkarin tenha sido um dos personagens mais bem explorados de todos os livros da série, pois desde o primeiro livro a Trudi nos faz pensar nele de uma forma, mas no terceiro livro vemos que tudo em que acreditávamos com relação á ele não passava de um terrível engano depois de conhecer seu passado e sua misteriosa jornada pelo mundo.  

Outros personagens que eu adorei ler foram o Dannyl e o Lorlen. Eu admiro demais esses dois e fiquei contente ao ver o quanto amadureceram, principalmente o Dannyl, que finalmente aceita ser o que sempre foi e agora está bem mais feliz, apesar de não ter revelado tudo ao clã. Cery também foi um dos personagens que apareceram na trama, mas não teve o papel que eu esperava. Queria que a Trudi tivesse destacado ele um pouco mais. 

O clã de Kiralya vive um momento de tensão e perigo, que podem mudar para sempre toda a postura que o clã teve durante anos de existência. Um velho inimigo vai ressurgir, mas não vou me focar nisso pra não acabar dando spoilers.

Um fator que eu achei que a autora explorou bastante também neste último livro foi os sentimentos. Eu gostei do modo como a Trudi explorou não apenas os personagens, mas suas emoções também. Isso acabou contribuindo para seu amadurecimento e foi algo que eu realmente gostei de ler. 

Um pequeno ponto negativo que eu nem queria falar por ser meio insignificante, foi alguns erros que poderiam ser facilmente corrigidos com revisão. Mas, não me atrapalhou em nenhum momento a leitura, é apenas um ponto que eu gostaria de ressaltar. 

O desfecho dessa série foi algo que me surpreendeu e me fez ficar rezando por uma continuação que eu sei que não vai vim, embora eu tenha visto alguns boatos na internet de que a Trudi estaria escrevendo uma nova saga no universo de A Trilogia do Mago Negro. Com certeza essa série vai ser sempre uma das minhas favoritas e a Trudi se tornou uma das autoras que eu vou ter prazer em acompanhar todos os seus trabalhos.


Espero que tenham gostado! 

Beijos e até o próximo post!

0 Comments:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem-vindos! :)